Praias do Sul da Ilha de Florianópolis, Conheça as Belas Praias de Floripa

Praias do Sul da Ilha de Florianópolis, Conheça as Belas Praias de Floripa.

Algumas das praias mais belas de Florianópolis estão localizadas no Sul da Ilha, uma região onde a natureza predomina, com praias pouco urbanizadas, muitas delas antigas colônias de pescadores que ainda preservam a história e a cultura dos nativos manezinhos da ilha. Muitas dessas praias podem ser facilmente acessadas de carro, mas algumas só podem ser visitadas através de trilhas ou de barco.

Lista das Praias do Sul da Ilha de Florianópolis

1 – Campeche

Praias do Sul da Ilha de Florianópolis - Campeche

Praias do Sul da Ilha de Florianópolis – Campeche

Uma das principais praias do sul da ilha de Florianópolis, A praia do Campeche se situa ao Sul da Ilha, vizinha das Praias da Joaquina e Morro das Pedras. Com 5 km de extensão, areias brancas, dunas, vegetação de restinga e de frente para a Ilha do Campeche, a Praia do Campeche compõe um cenário único. O Campeche é muito conhecido também pois foi ponto de aterrissagem dos voos de Antoine de Saint Exupéry, autor do livro: O Pequeno Príncipe.

Esta linda praia é bastante eclética e procurada por todos os tipos de frequentadores. Por ter boas ondas o Campeche é muito visitada também por surfistas e esportistas em geral. Um dos pontos mais badalados e procurados pelos jovens é o trecho da praia conhecida por “Praia do Riozinho”. A ilha que fica em frente à praia, possui uma paisagem paradisíaca, com areias brancas, finas e banhada por águas tranquilas, se assemelhando às praias do Caribe. A travessia à Ilha do Campeche pode ser feita através de barcos que partem do Campeche ou então das praias da Armação e Barra da Lagoa, e custa aproximadamente R$ 100,00.

Para quem quer fugir da agito do verão, já em meados de março, é uma excelente opção de praia tranquila, com fácil acesso e estacionamento próximo.

2 – Morro das Pedras – Florianópolis

Praias do Sul da Ilha de Florianópolis - Morro das Pedras

Praias do Sul da Ilha de Florianópolis – Morro das Pedras

Boa para a prática do surf, tem o acesso ao lado de um costão, onde há oficinas líticas

A praia do Morro das Pedras soma quase dois quilômetros de areias fofas. As boas ondas, que em alguns trechos quebram nas pedras, atraem surfistas. Nos arredores ficam a Lago do Peri, com pequena praia e trilhas, e o Retiro dos Jesuítas, antiga construção com um mirante que descortina belas paisagens da região. Fica a 20 quilômetros do Centro da cidade.

3 – Armação

A Praia da Armação, a 25 kilômetros do centro da capital, conta com mais de 2 quilômetros de extensão, e fica próxima à Praia do Pântano do Sul e Praia dos Açores, ao sul da Ilha de Santa Catarina. Possui mar bastante agitado ao norte e tranquilo ao sul. Por esta praia se tem acesso a Ilha das Campanhas, caminhando quando a maré está baixa, por estar praticamente colada à praia. A Ilha das Campanhas tem uma pequena praia, várias piscinas naturais e um costão com uma bela vista.

Uma atração imperdível é, partir de barco da praia da armação e ter como destino a paradisíaca Ilha do Campeche, que por causa de suas características geográficas, como areias finas e mar tranquilo e verde transparente, lembra muito as praias caribenhas.

A Praia da Armação Possui boa infra-estrutura turística, restaurantes, supermercados e lojinhas. Nesta região os restaurantes permanecem abertos o ano inteiro.

Quer conhecer Floripa e não sabe como vir? Onde ficar?
Entre em contato com a Férias Floripa, temos diversas opções de Aluguel de Temporada em Florianópolis.

4 – Matadeiro

Praias do Sul da Ilha de Florianópolis  - Matadeiro

Praias do Sul da Ilha de Florianópolis – Matadeiro

Matadeiro é uma praia localizada no sul da Ilha de Santa Catarina, em Florianópolis. É voltada para o Oceano Atlântico e separada da praia da Armação por um rio de água salobra. O mar gelado com ondas de medianas a grandes, de boa formação, atraem surfistas. Do final da praia, sai uma das trilhas para a praia da Lagoinha do Leste.

O nome Matadeiro é muito antigo, provém da época em que era permitido caçar baleias.

Os pescadores montavam suas armadilhas na Armação e as matavam no Matadeiro, daí o nome das duas praias. Localizada entre as praias da Armação e Lagoinha do Leste, a praia do Matadeiro é relativamente tranquila, com acesso somente a pé, cerca de 200 metros, depois de atravessar o rio que vem da Lagoa do Peri.

O caminho pitoresco e agreste atrai muitos turistas durante o verão, especialmente surfistas que fogem do agito das praias tradicionais em busca de boas ondas e areia calma.

Inacessível para carros, a praia ainda conserva seus morros cobertos pela mata nativa. É um convite para os apreciadores da natureza.

5 – Lagoinha do Leste

Praia, costões, lagoa, cachoeira e mata nativa. Esses ingredientes estão todos juntos na Lagoinha do Leste, que esconde seu encanto entre os morros do Sul da Ilha de Santa Catarina.

Há três modos de se chegar à praia, por duas trilhas e por barco. A melhor maneira de chegar à Lagoinha do Leste é a pé por trilha. De carro é impossível, não há estrada. Pode-se também ir pelo mar, com desembarque precário por conta da rebentação. Os barcos que fazem este trajeto são de pescadores do local, que levam e buscam turistas durante o verão. Eles saem do Pântano do Sul e levam cerca de quinze minutos.

Essa relativa dificuldade de acesso tem servido, ao longo do tempo, como escudo protetor do lugar.

Há duas opções de trilha, cada uma com suas vantagens. Para chegar mais rápido e por uma trilha mais tranquila, deve-se pegar a que sai do Pântano do Sul, levando em média uma hora de caminhada, passando pelo meio do mato e dos morros. É o acesso mais utilizado pelos visitantes. A caminhada dá pra suar a camisa, mas também não exige habilidades de alpinista e pode ser encarada sem sacrifício. O chão é pedregoso e irregular, mas fácil de andar se você prestar atenção onde pisa. Depois da subida, tem-se a surpresa de uma vista fabulosa da Lagoinha. Aí é só descer e afundar os pés na areia da praia. A outra trilha sai da Praia do Matadeiro, que é mais longa e de maior dificuldade – com duração de cerca de três horas.

Saiba mais sobre Trilhas de Florianópolis.

6 – Solidão – Florianópolis

Um refúgio retirado e escondido, procurado pela sua beleza e tranquilidade. Esta é a praia que, a partir da década de 60, por todos estes motivos, passou a ser chamada de Solidão.

Chamada pelos mais antigos de Praia do Rio das Pacas, a Solidão, é uma pequena enseada entre a Costa de Dentro e o Saquinho, local onde as pacas eram abundantes. Hoje, a praia é considerada uma das mais belas paisagens de Santa Catarina por ser um paraíso quase que intocado.

O belo cenário apresenta um visual de areia branca, águas claras e está cercado por verdes morros de Mata Atlântica. Entre as árvores, no fim da faixa de areia, é possível se refrescar em um banho de cachoeira que forma uma piscina limpa, de água natural.

Junto com o rio que desemboca no mar da praia da Solidão, a cachoeira é a melhor opção para as crianças que evitam as ondas do mar agitado.

7 – Pântano do Sul

O Pântano do Sul está localizado ao Sul da Ilha de Santa Catarina, a 26 quilômetros do centro da capital. O fácil acesso se dá através da Via Expressa Sul ou pela Lagoa da Conceição. Esta praia é ainda um dos maiores polos da pesca artesanal remanescente da Ilha. No inverno é comum ver os pescadores fazendo o cerco de tainha com arrastões.

A região possui ótimas opções de restaurantes de frutos do mar com destaque para o restaurante Arantes. Você encontrará estacionamento com WC e ducha. Chegando cedo consegue-se vaga na rua.

Por não ser badalada como as praias da região Norte, tem espaço na areia, mar calmo perfeito para as crianças brincarem e para a prática de atividades náuticas, como caiaque, stand-up paddle e banana boat.

8 – Ribeirão da Ilha

Pequenas praias com águas calmas e areia grossa. Na orla do centrinho da antiga freguesia e ao redor da praça da igreja, a arquitetura dos séculos XVIII e XIX é preservada. Com o desenvolvimento, veio a expansão do setor gastronômico e turístico. O Ribeirão da Ilha é a segunda colônia a se desenvolver na antiga vila de Desterro, atual Florianópolis.

Os hábitos e os traços da cultura, herdada dos açorianos, se mantêm vivos nos moradores mais antigos, apesar do crescimento urbano. É por conta desta preservação que Florianópolis é considerada a décima ilha do arquipélago dos Açores e a região do Ribeirão da Ilha é um grande objeto de estudo sobre o povo que habitou as ilhas do arquipélago dos Açores.

Atualmente, por conta do cultivo de moluscos nas águas do Ribeirão da Ilha, o setor gastronômico se desenvolveu e se tornou mais um atrativo da região. Restaurantes de tradição familiar servem frutos do mar de boa qualidade. São frescos e os pratos fartos, fazendo do Ribeirão uma referência nacional neste tipo de gastronomia.

Aproveite para passear na orla, conhecer lojinhas de artesanato e de renda de bilro. Passear à noite também é encantador pela beleza, tranquilidade e simpatia das pessoas.

9 – Açores – Florianópolis

A Praia dos Açores está localizada no extremo sul da Ilha de Santa Catarina em Florianópolis, sendo uma extensão da praia do Pântano do Sul. Esta praia é considerada uma das mais belas e preservadas da Ilha, chamando à atenção para alguma de suas características naturais como, a linda vista para as Ilhas Três Irmãs, a extensa faixa de areias brancas e águas extremamente limpas com ondas não muito fortes. Pela proximidade com a vizinha praia do Pântano do Sul, pode-se desfrutar de famosos restaurantes de frutos do mar, como por exemplo o Bar do Arantes.

Por ser um bairro mais afastado do centro da cidade, a Praia dos Açores tem um movimento moderado, mesmo na alta temporada, mantendo assim um clima de paz e tranquilidade, ideais para quem quer relaxar e descansar com a família e crianças sem disputar espaço na praia. O local possui uma infraestrutura básica, com posto salva-vidas e algumas barracas de venda de lanches e bebidas. Não descarte a possibilidade de levar seu lanche e garantir um belo piquenique na praia. Para os esportistas, o mar apresenta boas ondas para prática de Stand Up Paddle e o Surf. Outra bela atração são suas trilhas com belíssimas vistas em seu trajeto.

10 – Naufragados

No extremo sul da ilha, antes de as águas do mar tomarem conta da paisagem, uma última praia guarda mistérios históricos, ruínas de edificações de outros séculos e a natureza praticamente virgem. É a Praia Naufragados, em que só é possível chegar por trilha ou por barco.

A praia conta apenas com a natureza e alguns bares de moradores locais, que servem bebidas e  pratos típicos de pescadores a turistas que passam o dia lá. Não há carros, barulho de cidade ou poluição.

A praia tem areia branca e ondas que vêm diretamente do oceano, sendo bastante bravias e frias na maior parte do ano. Não é um local muito recomendado para crianças, pois não há salva-vidas para prestar atendimento rápido em casos de emergência.

Há várias formas de chegar até Naufragados. O mais utilizado é a trilha que sai da Caieira da Barra do Sul. A trilha começa com trajetos acentuados, mas é bastante plana e com mata fechada, fazendo sombra. Dura cerca de uma hora de caminhada. Outra opção é ir de barco.

Saiba mais sobre Trilhas em Florianópolis.

Gostou do artigo?
Comente ou compartilhe!

Deseja conhecer mais Florianópolis?
Assine nossa newslatter.

Comprar um imóvel em Florianópolis ou alugar um imóvel de férias?
Entre em contato conosco.
www.feriasfloripa.com.br

Apartamento de Frente para o Mar / Disponível para Locação

– Praia do Campeche

 

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

* Campos obrigatórios