Conheça as Famosas Praias Norte da Ilha – Florianópolis

Frequentada por famílias, esportistas, baladeiros e outros amantes do verão, as praias do norte da Ilha de Santa Catarina, em Florianópolis têm opções para todos os gostos. Tem casa noturna, lugar pra surfar, bons restaurantes e, claro, sombra e água fresca para descansar. Por lá, a água do mar é menos agitada e mais quente, se comparada a outras regiões da Ilha, e a faixa de areia é plana e clara.

Lista das Praias do Norte da Ilha.

  • Cachoeira do Bom Jesus
  • Cacupé
  • Canasvieiras
  • Daniela
  • Ingleses
  • Jurerê e Jurerê Internacional
  • Lagoinha
  • Ponta das Canas
  • Praia Brava
  • Praia do Forte
  • Praia do Santinho
  • Sambaqui
  • Santo Antônio de Lisboa

1 – Cachoeira do Bom Jesus

A Praia Cachoeira do Bom Jesus é destino certo de muitos moradores de Florianópolis e turistas durante o verão. Vizinha de Canasvieiras e de Ponta das Canas, a praia oferece um belo visual aliado a uma ampla rede de serviços de turismo e lazer. Hospedagem, restaurantes e comércio em geral garantem a comodidade de quem mora ou visita a região, fazendo com que não seja necessário se deslocar para outros lugares para encontrar o que se procura.

As águas são calmas e a areia é boa para caminhadas e para a prática de esportes. Estas características fazem da Praia Cachoeira do Bom Jesus um ambiente agradável para se divertir em família, com crianças e idosos.

Muito popular entre turistas do Cone Sul, a Praia Cachoeira do Bom Jesus reúne diversas nacionalidades e culturas durante o verão.

2 – Cacupé

Banhada pelas águas calmas do canal da baía norte, o Cacupé é um recanto ainda pouco explorado por turistas. A praia mistura a modernidade e o turismo com as tradições dos moradores nativos, que vivem da pesca artesanal e do cultivo de ostras.

Detalhe a reparar são as fachadas das casas de pescadores voltadas para a estrada e de costas para a vista do mar. Essencialmente residencial, o bairro é constituído de uma comunidade tranquila e silenciosa, com casas e restaurantes de alto padrão.

A praia não é muito visada para banho. Não se veem guarda-sóis, ambulantes ou pessoas passando o dia se bronzeando. É um local mais reservado, que atrai pelos agradáveis passeios pela orla, pela bela vista da Avenida Beira-mar Norte e das pontes, pela tranquilidade e pela gastronomia.

A faixa de areia do Cacupé é estreita e entrecortada por costões ou aglomerados de pedras, formando pequenas praias. Em algumas delas, o banhista pode ter a sensação de estar em uma praia particular, por não haver mais ninguém com quem dividir a areia.

As ondas são quase inexistentes de tão pequenas, ideal para levar crianças. É um lugar agradável para reunir amigos e família em um passeio mais intimista, longe da agitação da cidade.

3 – Canasvieiras

O balneário de Canasvieiras se torna, durante o verão, um dos destinos mais movimentados da ilha. Está localizado na região norte, entre as praias de Jurerê e Cachoeira do Bom Jesus. As águas calmas e a infraestrutura da região fazem de Canasvieiras um local para passear em família ou com amigos.

É a praia de Florianópolis preferida dos turistas do Cone Sul. Durante a alta temporada, Canasvieiras vira um verdadeiro recanto praiano para famílias e jovens argentinos, uruguaios e paraguaios. Por conta disso, muitos estabelecimentos oferecem serviços bilíngues, e não é difícil inclusive encontrar jornais argentinos. Nas ruas, placas escritas em espanhol e vendedores arriscando o idioma são comuns.

Devido à grande infraestrutura, Canasvieiras funciona como uma pequena cidade. Conta com serviços de saúde, polícia, supermercado e comércio.

Nos dias de sol, o lazer e os serviços vão até a praia, com vendedores ambulantes e espaços reservados para a prática de esportes. À noite, não falta diversão. As ruas do centrinho são próximas, então vale a pena passear a pé e ver os artistas de rua, parar em um bar ou comprar souvenirs.

4 – Daniela

A formação geográfica da Praia Daniela impressiona por si só. É uma ponta de areia com vegetação que se estende para o mar, avançando sobre as águas.

Uma comunidade onde residências de luxo se misturam com casas tradicionais e que conserva a tranquilidade de quem procura ficar longe da excessiva movimentação turística. É banhada pelas águas calmas e mornas da baía norte, perfeitas para quem frequenta a praia com crianças e idosos.

A região conta com poucos serviços. Lá, o lazer é caminhar pela praia, pescar e desbravar as belezas naturais que o manguezal, principal formação vegetal da área, esconde. Badalação, festas e maior movimentação turística ficam em praias próximas, com fácil acesso de carro.

5 – Ingleses – Florianópolis

Ingleses - Florianópolis

Ingleses – Florianópolis

A Praia dos Ingleses é um dos destinos mais movimentados da ilha durante o ano inteiro e, principalmente, no verão. Isso porque conta com grande infraestrutura que vai de serviços na praia até um pequeno shopping center. Bares, shows, restaurantes, casas noturnas e o forte comércio garantem a diversão de famílias e jovens à noite, enquanto que durante o dia a praia é o local preferido.

Ingleses é um dos principais destinos de turistas do Cone Sul. Por conta disso, muitos estabelecimentos oferecem serviços bilíngues e não é difícil encontrar jornais argentinos, casas de câmbio, lan houses e telefônicas.

A grande extensão da praia permite que, de um lado, o mar seja calmo e ideal para levar crianças e idosos e, de outro, as ondas sejam fortes e propícias para o surf. É o destino certo para quem quer praia com bastante movimentação, bares na areia, música, compras, paquera.

6 – Jurerê e Jurerê Internacional

O Jurerê Tradicional conserva aspectos dos moradores mais antigos e da cultura local. É um bairro que abriga casas de verão de florianopolitanos e de famílias de outros estados que escolhem a ilha de Santa Catarina como local para passar as férias.

Nesta área, a praia é bastante calma, ideal para famílias com crianças e idosos. Existe uma área mais residencial, com casas que têm o quintal desembocando na areia da praia.

Encontram-se pessoas fazendo corridas e caminhadas, andando de bicicleta e praticando esportes, principalmente os náuticos.

À noite, os barzinhos recebem o público local em ambientes abertos, em que se pode acompanhar o movimento de carros e pedestres. 

Jurerê Internacional – Após grandes investimentos em urbanização e preocupação ambiental, Jurerê Internacional ganhou visibilidade no mundo inteiro. Já foi considerado The place to be pelo jornal The New York Times (2009); o destino mais valorizados do litoral brasileiro pelo Guia Exame de Investimentos Pessoais (2008); e a Praia do Ano pela revista Brazil Travel News (2007).

O bairro é bem planejado, arborizado e limpo. As mansões que lá se encontram, além dos carros importados e da badalação, deram a Jurerê Internacional o apelido de Miami brasileira. Durante o verão, a praia vira sinônimo de gente jovem, bonita e rica.

É comum ver helicópteros, Ferraris e iates chegando para as festas, que rolam nos beach clubs. Jurerê Internacional reúne restaurantes de luxo e alto padrão internacional, festas de música eletrônica, corpos esbeltos e os últimos lançamentos da moda.

Leia também: Jurerê Internacional, conheça e curta as mesmas festas dos famosos!

7 – Lagoinha – Florianópolis

No extremo Norte da Ilha, uma pequena praia com característica de enseada, por ser protegida por costões, abriga uma tradicional colônia de pescadores, águas quentes e calmas, além de um visual estonteante.

A praia da Lagoinha é ideal para aqueles que desejam ter sossego, ficar longe da agitação e curtir a simplicidade das praias de Florianópolis. A região abriga poucas casas residenciais, muitas delas à beira da praia, poucos serviços de hotelaria e utilidades. Ao mesmo tempo, fica próxima de zonas que possuem forte infraestrutura para receber turistas.

A praia da Lagoinha é um pequeno espaço reservado àqueles que querem tranquilidade ao mesmo tempo em que estão pertinho da badalação.

8 – Ponta das Canas

No extremo norte da ilha, entre as praias da Lagoinha e da Cachoeira de Bom Jesus, fica localizada a Praia de Ponta das Canas, um local de veraneio para muitos florianopolitanos e turistas.

Ao mesmo tempo em que possui uma boa infraestrutura de serviços,  prédios modernos, a praia ainda guarda uma tradicional colônia de pescadores.

As águas calmas da praia são um atrativo para famílias com crianças e para quem gosta de se banhar com tranquilidade. A faixa de areia é extensa, permitindo que muitas pessoas encontrem um bom lugar para abrir o guarda-sol e relaxar curtindo o ambiente.

9 – Praia Brava – Florianópolis

Águas límpidas, gente bonita na areia, música, eventos e uma comunidade ativa para cuidar das questões da região. Este é o universo que envolve a Praia Brava, que ganha destaque no verão de Florianópolis pela boa infraestrutura da praia e da orla, além, é claro, do visual privilegiado.

Nos meses de verão, muitos jovens em busca de diversão ocupam as areias da praia, pois é lá que se realizam eventos com DJs e bandas. Sempre há música e lugares que servem bebida e petiscos.

O mar é local de diversão de surfistas, as ondas criam um ambiente perfeito para a prática deste esporte.

Famílias que desejam levar crianças para a Brava devem ter bastante cuidado, pois as ondas são fortes e as correntes podem conduzir banhistas a arrastamentos (não conseguir voltar à praia). Os índices de acidentes no mar, entretanto, são baixos, pois há um posto salva-vidas que presta socorro nos dias mais perigosos.

A comunidade é pequena e composta majoritariamente de condomínios de edifícios que ficam de frente para o mar ou próximo dele (os mais distantes ficam a, aproximadamente, 400 metros da praia).

As saídas para a praia contam com estacionamento público. O carro é o principal meio de transporte na região da Brava, pois o perfil dos moradores é de alto poder aquisitivo, mas também há linhas de ônibus que vão até a região.

10 – Praia do Forte – Florianópolis

Praia do Forte - Florianópolis

Praia do Forte – Florianópolis

A praia é um recanto de tranquilidade, bela paisagem e águas mornas que se separa dos grandes centros turísticos do norte da ilha por uma pequena estrada.

É um local para visitação, para passar o dia com a família ou amigos, sentar-se confortavelmente na areia da praia, pois o pouco movimento permite que se encontre lugar para guarda-sóis e cadeiras, saborear os frutos do mar que chegam fresquinhos aos restaurantes e praticar esportes na areia.

Há cultivo de ostras e mariscos na região. Por conta disso, barcos de pescadores compõem a paisagem junto à natureza.

11 – Praia do Santinho

 

No norte de Florianópolis, ao lado da Praia dos Ingleses, fica a sofisticada e isolada Praia do Santinho. Conhecida pela prática do surf, a praia conta com ondas fortes, mar aberto e longa faixa de areia que, na sua parte mais ao norte, se transforma em longos campos de dunas.

No Santinho, o moderno se encontra com a história. É lá que está depositado um dos maiores acervos de arte rupestre em pedras de Florianópolis. Os trabalhos datam de mais de 5 mil anos.

Ao mesmo tempo, um luxuoso complexo hoteleiro atrai turistas e empresários do mundo inteiro para momentos de relaxamento.

12 – Sambaqui

A praia de Sambaqui é um tradicional vilarejo de pescadores que abriga, além de nativos, visitantes temporários, turistas e veranistas que procuram um lugar calmo e tranquilo para se estabelecer.

De raízes açorianas, a comunidade local luta pela preservação de seus costumes e tradições, promovendo festas religiosas e incentivando grupos de danças folclóricas, montados e dançados pelos próprios membros da comunidade.

O visual é um dos maiores atributos de Sambaqui. Além da paisagem típica do século XIX, apresenta vista panorâmica da Baía Norte e do Continente. É por conta desta vista que, nos últimos anos, foram instalados vários bares e restaurantes que se especializam na gastronomia baseada em frutos do mar, produto tradicional da região.

13 – Santo Antônio de Lisboa

Belas paisagens, boa gastronomia e um passeio pela história da região é o que se pode esperar de uma visita a Santo Antônio de Lisboa.

Da praia, avista-se a Baía Norte, o continente e a ponte Hercílio Luz. A freguesia conserva a arquitetura açoriana tradicional, os costumes herdados dos colonizadores portugueses e a tranquilidade das pequenas vilas do século XIX.

O cultivo de ostras e mariscos, assim como a pesca de peixes e camarão, que teve início junto com a vinda dos primeiros europeus, fez da região de Santo Antônio de Lisboa uma referência na gastronomia baseada em frutos do mar.

Nas noites de verão, é comum os barzinhos colocarem mesas nas calçadas, onde se pode petiscar e curtir a atmosfera do local. É também o período em que Santo Antônio de Lisboa abriga típicos blocos de carnaval, que promovem ensaios abertos e festas.

Gostou do artigo?
Comente ou compartilhe!

Deseja conhecer mais Florianópolis?
Assine nossa newslatter.

Comprar um imóvel em Florianópolis ou alugar um imóvel de férias?
Entre em contato conosco.
www.feriasfloripa.com.br

Apartamento em Canasvieiras / Disponível para Locação

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

* Campos obrigatórios